Rúben e Ricardo, dois jovens amigos Valpacenses que viram na 3ª edição do Concurso de Ideias “Empreender no Alto Tâmega” a oportunidade para trabalhar a ideia de negócio que tinham para o território. Não só a trabalharam e foram os vencedores desta edição, como já inauguraram a empresa há um mês.

Em menos de um ano, a contar desde a data de apresentação de candidatura à 3ª edição do Concurso de Ideias, Rúben e Ricardo concretizaram o sonho de abrir um negócio em conjunto, com sede em Valpaços, e que dizem ter como objetivo torná-lo na “maior e melhor rede turística do Alto Tâmega, comprometidos com o aumento da quantidade e qualidade do turismo e do alojamento local”.

“O caminho faz-se caminhando” e neste sentido estes jovens empreendedores já avançaram com a parte inicial da ideia de negócio – BELLAVITA – Serviço e Mediação Imobiliária, que será o “pontapé de saída” para a segunda parte do projeto, a BELLAVITA tour.

“O projeto já começou a ser implementado, mas só em janeiro de 2023 será lançada para o mercado a BELLAVITA tour. Começámos agora a angariar possíveis imóveis com características para o alojamento local e, passo a passo, queremos no próximo ano focar energias em Valpaços, queremos levar Valpaços ao resto de Portugal e além-fronteiras, disponibilizando experiências únicas aos nossos turistas. Em 2024 queremos evoluir para o resto do Alto Tâmega”, adiantou Rúben.

Esta ideia de negócio resultou da consciência que os promotores tomaram sobre a “falta de dormitório em Valpaços, devido a muitas moradias e apartamentos de proprietários emigrantes estarem durante a maior parte do ano fechadas”, mas que podiam facilmente ser rentabilizadas como alojamento local, durante o tempo em que estão ausentes, acoplando a esse serviço “o apoio e acompanhamento turístico ao cliente, com guias turísticos, roteiros e pacotes turísticos”.

Durante o Concurso de Ideias tiveram a oportunidade de ser acompanhados por uma equipa consultora que os ajudou a desenvolver a ideia de negócio e limar algumas arestas, nomeadamente, a construção de um plano de negócio verdadeiramente sustentável e exequível.

“Foi uma experiência única, não só pelo acompanhamento de excelência da parte de toda a equipa, como pelo saber/conhecimento de outros empreendedores, as suas ideias, as suas formas de aplicação, o debate entre equipa e empreendedores. Crescemos imenso”.

 

Estando a decorrer a fase de apresentação de candidaturas à 4ª Edição do Concurso de Ideias “Empreender no Alto Tâmega e Barroso”, os promotores fizeram questão de deixar umas palavras de incentivo aos possíveis candidatos:

“Não deixem escapar a oportunidade. Se têm alguma ideia de negócio, seja ela elaborada ou não, realizem a vossa candidatura. Têm uma equipa fantástica, direta, qualificada e verdadeira para aconselhar, melhorar e impulsionar todo um projecto. Mesmo que a viagem não tenha como desfecho a implementação de qualquer negócio, acreditem: durante toda a viagem a aprendizagem conseguida será sempre uma mais-valia para a vida e possíveis futuros negócios. Sejam empreendedores, peguem nas rédeas da vossa vida, criem emprego, não tenham medo!”

 

Este foi o testemunho do Rúben e do Ricardo. Um testemunho de uma ideia que passou do papel para o terreno e o próximo podes ser tu!

 

Arrisca e candidata-te à 4ª Edição do Concurso de Ideias “Empreender no Alto Tâmega e Barroso”. Candidaturas abertas até 31 de agosto.

 

Mais informações em:

https://cimat.pt/concurso-de-ideias-empreender-no-alto-tamega-e-barroso-esta-de-volta/

https://altotamegaempreende.pt/service/concurso-de-ideias/