Os trabalhos de Construção dos 5 Pontos de Água, nos municípios de Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar, já arrancaram.

No âmbito de um projeto cofinanciado por fundos da União Europeia, designado por “Aquisição e instalação de equipamentos destinados à proteção de aglomerados populacionais e implementação de campanha de informação e sensibilização no Alto Tâmega”, com o código– NORTE-04-2114-FEDER-000570, do Programa NORTE 2020 – Programa Operacional Regional do Norte, a CIMAT encontra-se a levar a efeito a construção de 5 pontos de água de 1ª ordem no Território, nos concelhos de Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar, tornando mais eficiente possíveis ações de combate aos incêndios rurais.

A análise do risco estrutural do território, efetuada no âmbito dos estudos de caracterização para o plano de defesa da floresta destes municípios, confirmava a situação de risco estrutural elevado, a muito elevado, associada à tipologia da cobertura florestal dos concelhos e ao declive, pelo que a construção destas infraestruturas será de extrema importância para a salvaguarda do património material e imaterial das populações abrangidas e o património florestal existente.

Pretende-se dar continuidade ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal e pelas brigadas de sapadores da CIMAT, de forma a contribuir para a proteção contra risco de incêndios, através do reforço da segurança do território do Alto Tâmega, por via de ações destinadas à sensibilização e dotação de equipamentos destinados à proteção e socorro das populações.