A Stage One – Incubadora da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e Barroso passa a integrar a lista de Incubadoras certificadas no âmbito do StartUP Visa.

Desde o passado dia 17 de janeiro, e pelo período de um ano, a Stage One encontra-se certificada no âmbito do StartUP Visa – programa de acolhimento de empreendedores estrangeiros que pretendam desenvolver um projeto de empreendedorismo e/ou inovação em Portugal, com vista à concessão de visto de residência ou autorização de residência para imigrantes empreendedores que se rege por regulamento próprio (Despacho Normativo n.º4/2018, de 2 de fevereiro).

O período para submissão de candidaturas para novas certificações e renovação de certificações de incubadoras no âmbito deste programa decorreu durante o passado mês de dezembro (2023) sendo a análise, seleção e certificação das candidaturas, bem como o acompanhamento da execução do programa, uma responsabilidade do IAPMEI.

Segundo informou esta entidade, para o ano de 2024, “foram aceites 102 incubadoras certificadas: 98 renovações e 4 novas certificações”.

A Stage One foi criada em junho de 2023, em 15 de novembro desse mesmo ano aderiu à Rede Nacional de Incubadoras (RNI) e, com o arrancar deste novo ano, passa agora a integrar a lista de incubadoras certificadas no âmbito do StartUP Visa.

Segundo Ramiro Gonçalves, Primeiro Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e Barroso, as incubadoras têm um papel fundamental na promoção do empreendedorismo, estimulando a criação de empresas e, consequentemente, a criação de emprego nos territórios. A CIMAT tem, ao longo dos últimos anos, “levado a cabo um conjunto de iniciativas com vista ao fortalecimento do tecido empresarial, nomeadamente, através do apoio a empreendedores na fase de validação das suas ideias de negócios e respetivo Planos de Negócio” tendo culminado com a oficialização deste serviço através da criação da Stage One”. Desde então “temos vindo a trabalhar e a afirmar a nossa posição dentro do ecossistema empreendedor em Portugal, sendo esta certificação no âmbito do StartUP Visa, mais um passo nesse sentido”. Esta certificação “será fundamental para a divulgação das potencialidades da Região junto de empreendedores estrangeiros, chamando a atenção destes para virem desenvolver os seus projetos e negócios cá, o que contribuirá significativamente para o crescimento económico do Alto Tâmega e Barroso”.

Incubadoras Certificadas_StartUP Visa_2024