Projeto cofinanciado pela EU

Designação do projeto | Plano de Sinalética do Alto Tâmega

Código do projeto | NORTE-06-3928-FEDER-000012

Eixo prioritário| 6 -Emprego e Mobilidade de trabalhadores

Objetivo temático | Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral

Prioridade de Investimento | A concessão de apoio ao crescimento propício ao emprego através do desenvolvimento do potencial endógeno como parte integrante de uma estratégia territorial para zonas específicas, incluindo a conversão de regiões industriais em declínio e desenvolvimento de determinados recursos naturais e culturais e da sua acessibilidade

Região de intervenção | Alto Tâmega

Entidades beneficiárias | CIMAT – Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega

Data de aprovação | 30/10/2018

Data de início | 02/04/2019

Data de conclusão | 31/12/2022

Custo total elegível | 99.999,00 euros

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 84.999,15 euros

Apoio financeiro público nacional/regional | AL 14.999,85 euros

 

 

 

Assumido por todos os atores locais do Alto Tâmega, o turismo é hoje considerado como um dos principais motores de desenvolvimento económico deste território. Efetivamente, tal como noutros territórios, também no Alto Tâmega a atividade turística tem vindo a afirmar-se como que geradora ativa de emprego, fomentando o investimento em infraestruturas e criando oportunidades económicas.

Toda esta atividade crescente aliada ao enorme potencial dos ativos existentes no território do Alto Tâmega abrangendo áreas tão diversas como a cultura, o meio ambiente, o desporto ou a gastronomia, permitem elevar este território a ser uma referência para o turismo do interior de Portugal, contribuindo assim, de uma maneira significativa para o processo de desenvolvimento social e económico.

No Alto Tâmega, verifica-se uma lacuna muito importante no que a este campo da sinalética diz respeito, importando suprir em conjunto com a toda a região e com os seus ativos, esta lacuna, apostando fortemente numa sinalização do território eficaz e atrativa, demonstrativa de um território capaz de se afirmar como destino turístico que se diferencia pela sua qualidade no turismo cultural, social, gastronómico e de saúde, sendo agora o objetivo deste projeto priorizar a conceção, elaboração e implementação dessa sinalética.

O objetivo desta operação visa fomentar a acessibilidade da informação ao turista/visitante através da sinalização implantada, impulsar a qualidade da informação da oferta turística e estimular a promoção dos seus principais recursos nas nossas Autoestradas/ Estradas Nacionais.

Além da importância óbvia e prática desta iniciativa, este projeto assume como grande objetivo promover e reforçar a imagem do Alto Tâmega através da estratégia AQUANATUR como um território específico, como grande destino termal e como território da água, mas também como uma nova realidade administrativa que necessita ser dada a conhecer e que tem uma identidade própria que tem que ser consolidada de uma forma integrada.

No contexto de uma estratégia global de afirmação do Alto Tâmega como um território único, este projeto ganha particular atenção pois será um dos primeiros elementos de apresentação visual de todo este espaço como um território concreto. Além da promoção do território este projeto irá, igualmente, favorecer a valorização dos ativos mais importantes e com mais capacidade de atração de visitantes.

–  Plano de Sinalética que contemple a conceção e imagem dos diferentes painéis a colocar, o qual deve implementar um sistema homogéneo de sinalização turística do Alto Tâmega, garantido através desta ação, de onde resultará um Manual de Sinalização, que irá facilitar aos cidadãos o conhecimento e o acesso aos recursos turísticos de uma maneira mais compreensível, e ajudar a transmitir uma visão moderna, dinâmica e homogénea da Região.

– Posteriormente à elaboração do Manual de sinalética serão executadas Placas e Outdoors indicados no “Manual” acima referido e colocadas nos diferentes acessos à região.

– Colocação de Sinalética Turística no Território do Alto Tâmega. Assim, pretende-se instalar em todo o território do Alto Tâmega um sistema de sinalética de impacto a diversos níveis, incidindo no aproveitamento da visibilidade demonstrada pelas grandes vias rodoviárias. Pretende-se instalar à entrada do Alto Tâmega grandes elementos de sinalização e identificação do território que funcionem como “portas” do espaço termal AQUANATUR.

 

 

 

Cofinanciado por:

barra de apoios feder