No âmbito do projeto designado por “Investigação, Determinação e Avaliação de Impactos das Alterações Climáticas no Alto Tâmega (IDAIACAT)”, reuniram no passado dia 18 de setembro, por videoconferência, os técnicos da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT), representantes dos municípios e a equipa da Geoatributo.

 A reunião teve como objetivo a apresentação dos resultados dos cadernos III, IV e V, correspondentes às Etapas 3, 4 e 5 relativas à operação “Investigação, Determinação e Avaliação de Impactos das Alterações Climáticas no Alto Tâmega (IDAIACAT)”.

A Etapa 3 “Produção de cartografia de risco associada às especificidades regionais do Alto Tâmega”, deu origem ao caderno III (Aprender a (sobre) viver – O Homem, as infraestruturas e a localização espacial do risco na região do Alto Tâmega), a Etapa 4 “Avaliação e integração dos resultados da cartografia de risco no conjunto de opções de adaptação”, ao caderno IV (O risco adaptado: opções de adaptação da região do Alto Tâmega) e a Etapa 5 “Definição de um programa de medidas de mitigação/adaptação às alterações climáticas”, ao caderno V (Medidas mitigadoras ou de adaptação às alterações climáticas na região do Alto Tâmega).

Terminadas as apresentações, foi ainda possível realizar-se uma breve discussão sobre os conteúdos desenvolvidos, tendo-se procedido ao esclarecimento das questões colocadas pelos presentes.