transportes

A Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT), enquanto Autoridade de Transportes, determinou autorizar a suspensão das carreiras regulares a operar nas linhas municipais e a redução da frequência de horários dos Transportes Urbanos de Chaves (TUC).

 

No contexto atual de medidas extraordinárias para responder à situação pandémica causada pelo coronavírus COVID-19 e tendo em conta a publicação do Decreto-Lei nº 10-A/2020, de 13 de março e da portaria nº 71/2020, de 15 de março, bem como as recomendações emitidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), a CIMAT promoveu uma reunião extraordinária, com os municípios (Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar), que decorreu no dia 16 de março, nas Instalações da CIMAT, com o objetivo de se decidirem um conjunto de ações preventivas, no âmbito do COVID-19, para a região do Alto Tâmega. De entre as várias medidas acordadas a suspensão das carreiras regulares a operar nas linhas municipais e a redução da frequência de horários dos TUC foi uma delas.

Considerando o surto epidémico e a sua rápida propagação a que assistimos a nível nacional e mundial, bem como as determinações governamentais que levaram ao encerramento temporário de estabelecimentos de ensino e a restrição de outros serviços públicos culminou numa drástica diminuição da procura dos serviços públicos de transportes de passageiros. Aliado a este fator está também a necessidade de reduzir o número de pessoas no mesmo espaço comum.

Esta medida tem efeitos a partir do dia 17 de março e tem uma duração de 15 dias, sendo que determinadas decisões governamentais que venham a ser tomadas possam vir a acarretar novas medidas.