projeto internacionalização

Programa de apoio à definição da estratégia de internacionalização e abordagem a mercados prioritários para os produtos endógenos da região do Alto Tâmega (SAAC: Internacionalização)

 

Designação da Operação: Programa de apoio à definição da estratégia de internacionalização e abordagem a mercados prioritários para os produtos endógenos da região do Alto Tâmega (SAAC: Internacionalização)

Código da Operação: NORTE-02-0752-FEDER-000038

Objetivo Principal: O desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais para as PME, especialmente no que respeita à internacionalização

Região de Intervenção: NUTS III Alto Tâmega

Entidade beneficiária: CIM-AT: Custo Total Elegível | 70.079,30 euros

AMAT: Custo Total Elegível | 76.672,05 euros

Data de aprovação: 22-07-2016

Data de início: 01-07-2016

Data de conclusão: 22-02-2019 ou 22-08-2018

Custo Total Elegível: 146.751,35 euros

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER – 124 738,65 euros

Apoio financeiro público nacional/regional: 22 012,70 euros

 

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

O projeto tem como objetivo geral a definição da estratégia de internacionalização e abordagem aos mercados para um conjunto de seis produtos endógenos da região do Alto Tâmega, visando o reforço da respetiva capacidade competitiva, o crescimento do volume de distribuição e comercialização em mercados internacionais, bem como o aumento da visibilidade internacional da oferta e da perceção dos mercados relativamente à qualidade destes produtos.

 

A este objetivo geral correspondem os seguintes objetivos específicos:

– Suprir a falta de conhecimento específico relativamente a mercados potenciais;

– Dar a conhecer boas práticas no domínio da internacionalização de produtos regionais;

– Contribuir para a seleção dos mercados prioritários e para a definição da estratégia de internacionalização, incluindo a metodologia de abordagem aos mercados selecionados;

– Instituir uma dinâmica mobilizadora que promova a estruturação de uma rede de empresas, com objetivos comuns, que conjuntamente colabore no processo de internacionalização dos produtos endógenos da região;

– Potenciar o aumento da visibilidade internacional dos produtos endógenos da região e melhorar a perceção dos mercados relativamente à qualidade destes produtos;

– Aumentar a natureza potencialmente exportadora destes produtos e a afirmação dos mesmos no contexto internacional.

 

Para a concretização destes objetivos específicos, o projeto propõe um conjunto de ações que visam:

– A realização de atividades de recolha de informação relativamente aos potenciais mercados e respetivas preferências específicas, à perceção destes relativamente à qualidade dos produtos, à identificação de canais de distribuição e meios de divulgação, e, ainda, à identificação de barreiras à comercialização e análise do enquadramento legal aplicável;

– A identificação de boas práticas, a nível nacional e internacional, relativamente a processos de internacionalização;

– A organização de encontros temáticos com o objetivo de contribuir para a criação de uma dinâmica mobilizadora que reforce o processo de internacionalização dos produtos da região, e, em paralelo, promover a seleção conjunta dos mercados prioritários;

– A elaboração de uma estratégia de internacionalização e de um plano de ação que defina uma metodologia de abordagem aos mercados prioritários;

– A divulgação do projeto, dos seus objetivos e dos resultados atingidos.

 

O projeto é desenvolvido em parceria pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIM-AT) e pela Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), e os objetivos e ações definidos encontram-se alinhados com a Estratégia de Especialização Inteligente (RIS3) do Norte e com a Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Alto Tâmega.

 

barra de apoios feder